SP-Arte estreia uma versão virtual com milhares de obras

A SP-Arte estreou nessa segunda-feira (24) uma versão virtual com 136 galerias e milhares de obras. Essa é a primeira edição integralmente online da SP-Arte e irá acontecer até o próximo dia 30.

Como sempre, a instituição mescla importantes galerias nacionais e internacionais, como a italiana Continua, que há pouco se instalou em São Paulo.

Batizada de Viewing Room, o propósito desta edição criada por Fernanda Feitosa é atrair um novo público através da visitação online, expandindo o alcance do evento para além dos colecionadores.

Há destaque nos temas como violência, desastres ecológicos e a situação das mulheres e dos negros no país. Além de textos, áudios e vídeos, o evento também contará com ‘mesas nas quais curadores, críticos e outros profissionais de destaque das artes sentam com artistas e conversam de forma aprofundada sobre sua prática, poética e obras recentes, além de contextualizar pesquisas dentro de uma gama maior de debates artísticos”.

SP-Arte estreia uma versão virtual com milhares de obras
Detalhe de L’Intervallo Perduto (1977-2018), de Vera Chaves Barcellos, na Galeria Superfície (Foto: Divulgação)

 

Todo o acesso é bastante intuitivo, é possível acessar as páginas de cada galeria individualmente, cada uma com várias obras dos mais diversos artistas. Só nas primeiras 24 horas já foram mais de 32 mil visitantes únicos no site.

Um dos destaques é a galeria brasileira 01.01 Art Platform, apoiada por instituições em Portugal, Reino Unido e Gana.  Eles conectam artistas afrodiaspóricos ao redor do mundo.

Para interessados em arte latino-americana, é bom ficar de olho na coleção peruana Ginsberg. A galeria se dedica à arte contemporânea produzida na América Latina, o intuito é quebrar paradigmas.

Acesse aqui o Viewing Room

Algumas obras:

SP-Arte estreia uma versão virtual com milhares de obras
Tatiana Blass, na Galeria Millan (Foto: Divulgação)

 

SP-Arte estreia uma versão virtual com milhares de obras
Detalhe de Júpiter (2020), de Aline Besouro, na Nacional Trovoa (Foto: Divulgação)

 

SP-Arte estreia uma versão virtual com milhares de obras
Gritos de Alerta (2020), de Davi de Jesus do Nascimento, na Hoa (Foto: Divulgação)

 

SP-Arte estreia uma versão virtual com milhares de obras
Big Yoca (2019), de Yoan Capote, na Galleria Continua (Foto: Divulgação)

 

×

Oi!

Clique para conversar no WhatsApp ou envie-nos um email para contato@crio.art

×