MAM Rio e a residência artística internacional mais antiga do país lançam edital de bolsas de pesquisa e residências, em meio à quarentena

No dia 19 de junho de 2020, o Capacete, fundado em 1998 pelo atual diretor-geral Helmut Batista, lançará convocatória para residentes e pesquisadores do estado, em parceria com o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio). A iniciativa valoriza o compromisso com a comunidade artística e reafirma o processo de transformação do museu, que está sob nova gestão desde janeiro, liderada pelo diretor-executivo Fabio Szwarcwald. O programa de residências vai contemplar 12 artistas, a partir de agosto deste ano, durante cinco meses. O segundo programa a integrar a convocatória concederá seis bolsas de pesquisa, ao longo de um semestre, a partir de setembro. Os candidatos podem se inscrever em apenas uma das chamadas.

As residências acontecerão tanto presencialmente, no espaço do museu carioca, quanto no formato on-line através de plataformas digitais, enquanto o distanciamento social for necessário. Já o cronograma do programa de bolsas, com auxílio mensal de R$ 1.500 por pessoa, será coordenado individualmente com a equipe do MAM | CAPACETE. Ambos estão e estarão integrados ao núcleo de programação artística do museu.

“A parceria MAM | Capacete traz a oportunidade de abertura do museu para uma nova interação com projetos culturais de grande relevância no cenário nacional e internacional. O MAM está apoiando os processos que sustentam a teoria-prática da arte, buscando a reflexão da mesma a partir do novo cenário que se apresenta pela frente. A parceria sinaliza que o museu se permite ser uma instituição mais orgânica e conectada com a sociedade”, afirma Szwarcwald.

Com o olhar voltado para os profissionais do campo das artes e áreas relacionadas – com trajetórias de no mínimo três anos para as residências e de cinco anos para as bolsas – a convocatória visa apoiar e fomentar o pensamento artístico enquanto forma saudável de ação e relação no mundo. Os programas MAM | Capacete tem a intenção de incentivar o fazer artístico atento ao presente que se desloca e ao ambiente global que se declina, considerando as distinções sociais que, de maneira invisível, modulam nossa ética-estética.

O programa de residências (com bolsas mensais de R$ 750 no modo virtual e R$ 1.000 no modo presencial) estará pautado, também, por intensa reflexão acerca do contexto da pandemia e das profundas mudanças de perspectivas imagéticas e sociais.

Partindo de seis eixos-temáticos, a convocatória para bolsas de pesquisa pretende atrair profissionais que estejam ou queiram engajar-se com: a arquitetura do MAM; arte e pedagogia; saberes e causas indígenas; arte africana diaspórica; museu e biodiversidade; e, ainda, espaços de arte experimentais e espaços de arte autônomos.

“A convocatória MAM | Capacete é importante pois direciona foco e apoio a pessoas que trabalham com arte, se apresentando atenta ao processo de continuidade de construção e manutenção do pensamento-prática que constitui nossas imagens de futuro, passado e presente, algo que hoje não podemos perder de vista. O fazer arte e o estar em contato com arte é da ordem da conexão do humano com sua posição e seu sentido de estar no mundo, e disso precisamos agora”, analisa Camilla Rocha Campos, diretora-artística do Capacete e coordenadora dos programas.

A divulgação dos 12 selecionados para o programa de residência será no dia 3 de agosto, através das redes das duas instituições. Em 17 de agosto, a equipe MAM | Capacete informará os seis selecionados para o programa de bolsas de pesquisa.

 

Confira o cronograma da convocatória:

  • 19 de junho: Anúncio da convocatória
  • 10 de julho: Encerramento das inscrições
  • 3 de agosto: Divulgação dos selecionados para o Programa de Residência 
  • 3 a 7 de agosto: Entrevistas com finalistas da Bolsa de pesquisa
  • 10 de agosto: Início do Programa de Residências artísticas
  • 17 de agosto: Divulgação dos selecionados para ao Programa de Bolsas de pesquisa
  • 1 de setembro: Início do Programa de Bolsas de pesquisa

 

MAM Rio e a residência artística internacional mais antiga do país lançam edital de bolsas de pesquisa e residências, em meio à quarentena

MAM Rio e a residência artística internacional mais antiga do país lançam edital de bolsas de pesquisa e residências, em meio à quarentena

MAM Rio e a residência artística internacional mais antiga do país lançam edital de bolsas de pesquisa e residências, em meio à quarentena

MAM Rio e a residência artística internacional mais antiga do país lançam edital de bolsas de pesquisa e residências, em meio à quarentena

MAM Rio e a residência artística internacional mais antiga do país lançam edital de bolsas de pesquisa e residências, em meio à quarentena

 

Sobre o Capacete

O CAPACETE é uma residência artística internacional com sede no Rio de Janeiro, Brasil.  Em 2020 o CAPACETE completa 22 anos de atividades contínuas e tem como missão constituir situações e desenvolver estratégias que forneçam alternativas concretas e reais ao movediço campo da arte. Os programas de residência já realizados foram desenhados para refletir o caráter interdisciplinar das práticas éticas-estéticas contemporâneas e promover esforços que articulam o mundo teórico com apresentações artísticas em diversos formatos e dinâmicas, e para diferentes públicos.

http://capacete.org/

 

Sobre o MAM Rio

O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio), fundado em 1948, é voltado às vanguardas e à experimentação nas artes, cinema e cultura. Seu acervo de cerca de 15 mil obras forma uma das mais importantes coleções de arte moderna e contemporânea da América Latina. O museu realizou inúmeras exposições que marcam até hoje as expressões e linguagens das artes visuais e abrigou múltiplos movimentos artísticos brasileiros.

O MAM Rio é uma instituição cultural constituída como uma sociedade civil de interesse público, sem fins lucrativos, apoiada por pessoas físicas e por empresas, que tem atualmente a Petrobras, o Itaú e a Ternium como mantenedores por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e o Grupo PetraGold como patrocinador.

Desde janeiro de 2020, a nova gestão do MAM Rio, liderada pelo diretor-executivo Fábio Szwarcwald, com o apoio do corpo de conselheiros do MAM e das demais áreas do museu, deu início a um processo de profunda transformação institucional envolvendo novas ideias, novos fluxos de trabalho e novas atitudes. Um movimento de potencialização das ações já realizadas no museu, em consonância com seu histórico, e de acolhimento de todos que desfrutaram da efervescência dos diversos espaços do MAM Rio, incluindo públicos que nunca visitaram a instituição.

As ações do processo de transformação buscam coerência com o projeto original do museu, pautado pelo tripé arte-educação-cultura. Está sendo planejada a reabertura do Bloco Escola, espaço de aprendizado, discussão e criação artística, e da participação da Residência Artística Internacional CAPACETE. Com esses gestos, o MAM Rio assume uma plataforma de aprendizado vivo em âmbito nacional e internacional e amplia suas bases de diálogo e experimentação.

Transformar significa tornar o museu mais aberto, com preocupação social, acolhimento, sustentável, digital, experiencial e humano. O objetivo é promover o trânsito entre as diversas expressões artísticas, eliminando fronteiras e gerando integração e inventividade entre gêneros e programas poéticos.

 

Sobre o Capacete no MAM Rio 

Em março de 2020 o CAPACETE e o MAM deram início a uma importante parceria alavancada pelo patrocínio do Grupo PetraGold ao MAM. A partir dessa data o CAPACETE, como parte do processo de transformação e dos planos da nova gestação no museu, inicia a transferência de parte de suas atividades para os espaços virtuais e presenciais do MAM, integrando-se a construção e revitalização do Bloco Escola. Estas atividades compreenderão seminários, oficinas, workshops, exposições e apresentações públicas, integradas ao núcleo de programação artística do MAM. A mudança para o MAM incorpora a proposta de desenvolver, junto com outros profissionais dos diferentes departamentos do MAM, a ocupação e reabertura do Bloco Escola, cujo espaço vinha em anos recentes sendo ocupado pelo acervo da Cinemateca e foi transferido para outro local.

No Bloco Escola serão desenvolvidas diferentes atividades ligadas às atividades centrais do CAPACETE em conjunto com outras frentes de ações educativas do MAM que serão desenvolvidas. Em 2020 o Programa MAM | CAPACETE receberá um grupo de 12 residentes, 6 pesquisadores nacionais e 4 internacionais já selecionados, com atividades semanais.

O programa irá estabelecer parcerias internacionais com outros programas de residência e pesquisa de longa duração com o intuito de desenvolver colaborações e intercâmbios internacionais e nacionais em ambas as direções.

 

Sobre o MAM Rio

O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio), fundado em 1948, é voltado às vanguardas e à experimentação nas artes, cinema e cultura. Seu acervo de cerca de 15 mil obras forma uma das mais importantes coleções de arte moderna e contemporânea da América Latina. O museu realizou inúmeras exposições que marcam até hoje as expressões e linguagens das artes visuais e abrigou múltiplos movimentos artísticos brasileiros.

O MAM Rio é uma instituição cultural constituída como uma sociedade civil de interesse público, sem fins lucrativos, apoiada por pessoas físicas e por empresas, que tem atualmente a Petrobras, o Itaú e a Ternium como mantenedores por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e o Grupo PetraGold como patrocinador.

O edifício onde o MAM Rio funciona desde 1958 é reconhecido internacionalmente como um marco da arquitetura moderna mundial, projetado pelo arquiteto franco-brasileiro Affonso Eduardo Reidy, também autor da passarela de pedestres que liga o museu ao centro histórico do Rio de Janeiro e do urbanismo do Parque do Flamengo, onde o museu está situado. Os jardins do MAM e do Parque são de autoria de Roberto Burle Marx, considerado o maior paisagista do século 20, inventor do paisagismo moderno.

O MAM Rio abrigou parte considerável dos movimentos artísticos brasileiros de vanguarda, como o Grupo Frente (1954), o Neoconcretismo (1959), a Nova Objetividade Brasileira (1967), o Cinema Novo (anos 1960), o Cinema Marginal (anos 1970), o curta-metragismo e o documentarismo independente (anos 1970-1980) e o Cinema Experimental Contemporâneo (anos 2000).

Foi também no MAM Rio que dezenas de eventos e exposições seminais da arte moderna e contemporânea brasileira ocorreram, entre elas a I Exposição Neoconcreta (1959), Opinião 65 (1965), Opinião 66 (1966), Nova Objetividade Brasileira (1967), Salão da Bússola (1969), Salões de Verão (1969/74) e Arte Agora III – América Latina: geometria sensível (1978).

Desde janeiro de 2020, o Diretor Executivo Fábio Szwarcwald assumiu uma nova gestão no MAM Rio, com o apoio do Conselho e demais áreas do museu, integrando novos profissionais aos quadros e dando início a um processo de profunda transformação institucional com ideias inovadoras e novos fluxos de trabalho.

As ações do processo de transformação buscam coerência com o projeto original do museu, pautado pelo tripé arte-educação-cultura que serão desenvolvidos por meio da reabertura do Bloco Escola, da parceria com a Residência Artística Internacional Capacete e outras diretrizes de renovação sendo implementadas nas áreas educativa, curatorial, cinemateca, comunicação e, também, nas parcerias com empresas e apoiadores do museu.

O MAM Rio realizará ações que buscam ampliar o relacionamento com a cidade do Rio de Janeiro, com as artes e a sociedade integradas à sua marcante trajetória de experimentação e ousadia, e também ao papel contemporâneo dos museus.

 

SERVIÇO:

Convocatória MAM Rio | Capacete

 

Patrocinadores do MAM Rio:

  • Mantenedores Petrobras, Ternium e Itaú via Lei de Incentivo à Cultura
  • Ministério da Cidadania – Pátria Amada Brasil
  • Patrocinador: Grupo PetraGold

Patrocinadores Capacete:

  • Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro
  • Secretaria Municipal de Cultura
  • ISS Lei de Incentivo à Cultura
  • BTG Pactual

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

×

Oi!

Clique para conversar no WhatsApp ou envie-nos um email para contato@crio.art

×